Plano de Ação Para Atingir Todas as Suas Metas Esse Ano (Sem Frustrações)

1 mês Atrás

Um desafio para escrever artigos desse tipo é que ele não fique dependendo de datas predeterminadas ou ano vigente. Tudo é questão do momento em que você decide que quer fazer acontecer as coisas boas na sua vida. Tome esse artigo, seja lá o momento do ano que esteja lendo, como seu ponto de partida para uma nova jornada de realizações.

Porém, a real necessidade de escrever esse artigo é que eu recebo inúmeros comentários em outros posts e até no meu e-mail pessoal sobre como conquistar metas. Eu tento responder, mas dado o tamanho da dimensão do problema e a quantidade de respostas que teria que dar para cada um, ficaria inviável  fazer isso.

Assim, próximo ao início do ano de 2015 (quando estou escrevendo isso), escrevi um pequeno artigo no meu Tumblr pessoal chamado Como Escrever Resoluções de Ano Novo Que Realmente Funcionam. O pessoal adorou e até me mandou alguns cases de sucesso já em Janeiro mesmo.

Porém, senti que havia uma necessidade de explanar melhor essa questão e ajudar ainda mais essas pessoas. Talvez seja o seu caso não estar conseguindo conquistar suas metas e se frustrando toda vez que não consegue nem sequer sair do lugar. Por isso, chamei um amigo que já estuda desenvolvimento pessoal e trabalha como Coach de várias pessoas com ótimos resultados para escrever esse artigo (que eu não poderia ter feito melhor haha ).

O nome dele é Arlindo Armando e ele também é autor do Livro digital: 4 Passos para definir e ALCANÇAR suas metas que trata exclusivamente de como atingir suas metas em tempo recorde. Reserve um tempo para ler esse artigo e tenha uma ótima leitura. Lembre-se de aplicar todas as dicas na sua vida para ter resultado imediatamente.

Por Arlindo Armando

O ano de 2015 Começou, e eu tenho algumas perguntas. Gostaria que você respondesse para si mesmo com o maior nível de sinceridade possível: Quantas metas você fez esse começo de ano? Quantas metas são repetidas, ou seja, você já as tinha feito em anos anteriores? Qual o seu nível de confiança, de 0 a 10, que você, com o conhecimento que tem hoje, vai conseguir atingir essas metas? Você está “interessado”, ou “comprometido” com sua meta?

Responda essas perguntas para sí mesmo antes de continuar a ler o artigo.

Antes de começarmos, gostaria de deixar aqui o meu agradecimento ao Kellvyn por me permitir compartilhar um pouco daquilo que eu sei para ajudar você a alcançar seus objetivos mais ousados ainda esse ano. Tudo que vou te falar aqui é uma pequena parte de tudo que eu ensino no ebook gratuito “4 Passos para definir e ALCANÇAR suas metas“.

Os 4 Passos Para Definir e Alcançar Suas Metas

Esse foi um método que eu desenvolvi baseado, principalmente, em dois pilares: A minha própria vida e tudo que eu conquistei e venho conquistando até hoje e, o segundo pilar, nos meus estudos sobre modelos de sucesso, pessoas que realmente mudaram e estão mudando o mundo e alcançando coisas incríveis.

Depois de organizar toda essa informações, eu cheguei nesse método de 4 passos que eu utilizo e que já tem ajudado centenas de pessoas a realizarem suas metas. Vamos aos passos?

  1. Defina suas metas
  2. Valide suas metas
  3. Seu plano de ação
  4. Acompanhamento

Vamos entrar a fundo em cada um deles.

PASSO #1 – Defina Suas Metas

Existem vários pontos importantes nesse passo. Mas, para o conteúdo não ficar tão grande e cansativo, vou compartilhar com você a parte mais importante: Método SMART.

Talvez você já tenha ouvido falar sobre esse tal de método SMART. Talvez até já tenha estudado sobre ele. Mas a grande questão é: você está usando ele na hora de definir suas metas mais ousadas? Se você não estiver usando, suas chances de alcançar todas essas metas serão pequenas.

Vamos então ver o que é esse método SMART:

  • Specific/Específica– Sua meta precisa ser específica. Você quer uma casa grande. Legal, mas o que é exatamente uma casa grande? Para quem mora na rua, ter um stúdio de 4 metros quadrados é ter uma grande casa. Qual é o tamanho da sua casa? Qual o endereço? Quantos quartos? Quantos banheiros? Quantos andares? Cor das paredes? Isso é sério, não brinque com o poder da especificidade.
  • Measureble/Mensurável – Você precisa ser capaz de mensurar o momento exato em que sua meta for atingida. Você quer uma casa, logo, quando você pegar as chaves dela e der o primeiro passo para dentro do imóvel vai ser o momento em que você vai saber que sua meta foi atingida. Existem metas mais complicadas de definir qual vai ser o momento de conclusão, mas você precisa ter um.
  • Attainable/Alcançável –Nossas metas precisam ser desafiantes, mas não irrealizáveis. Sua meta precisa ser alcançável. Se você hoje tem um salário de 4 mil reais por mês, não faz sentido você querer comprar uma casa de 1 milhão de reais nos próximos 6 meses. É possível, óbvio, mas concorda que é extremamente difícil de alcançar? Até por que você ainda não tem um modelo mental para ganhar 1 milhão de reais. Eu sei por que se você tivesse, já estaria ganhando isso.
  • Relevant/Relevante – Pode parecer sem sentido, mas isso acontece várias e várias vezes. Clientes meus, pessoas e amigos que conheço. Muitos definem metas que trazem mais coisas ruins do que boas para suas vidas. Definiu sua meta? Agora analise se ela vai trazer coisas boas para sua vida e, se trouxer também algumas coisas não tão boas, analise se ainda assim vale a pena tentar ir atrás dessa meta.
  • Time-Bound/Temporal – Quando sua meta vai estar realizada? A Lei de Parkinson nos diz que “O trabalho se expande para preencher o tempo que tem para ser concluído”. Defina uma data que você acredita que consegue atingir essa meta, e se esforce ao máximo para fazê-lo. Se não der, risca e muda a data, não tem crise

Novamente: Isso é sério. No final, você vai ver como sua meta vai estar escrita de uma forma que vai ser incrivelmente fácil você visualizar ela na sua mente.

PASSO #2 – Validando Suas Metas

O segundo passo é validar suas metas. O primeiro passo da validação da sua meta você já deu no primeiro passo, que é a letra “R”. Você analisou os prós e contras de atingir aquela meta, e esse já foi um primeiro excelente passo para validar suas metas.

Mas existem mais duas análises extremamente importantes que você precisa fazer para realmente ter a certeza de que essas metas valem a pena.

Seu propósito: Qual é o seu propósito de vida? Por que você faz o que você faz? O que te move? O que faz o seu coração cantar? Se você fosse bilionário, qual seria o seu motivo para acordar de manhã cedo?

Ter um propósito é essencial. Tanto é, que eu gravei recentemente um vídeo onde eu falo justamente sobre isso, dá uma olhada:

Defina o seu propósito e alinhe suas metas a ele.

Agora, podemos ir para a segunda coisa que você precisa analisar para identificar se suas metas estão realmente corretas.

Seus valores: Cada pessoa tem suas vidas regidas por alguns valores. Por exemplo, tem gente que não suporta o fato de não ter liberdade, sendo assim, se sua meta vai te privar de liberdade, então provavelmente você vai se auto sabotar no caminho. Por isso é importante alinhar suas metas aos seus valores (e não o contrário) antes de prosseguir.

Identifique quais são os seus valores e então veja se suas metas estão alinhadas a eles. No livro gratuito tem um exercício onde eu te ajudo a identificar seus principais valores, pode baixar gratuitamente clicando aqui.

Quando suas metas estiverem alinhadas ao seu propósito e aos seus valores, então suas chances de alcançá-las serão incrivelmente maiores.

PASSO #3 – O Plano de Ação

Nesse passo você vai descobrir exatamente tudo que precisará fazer para alcançar cada uma dessas metas. Sem um plano de ação bem definido, provavelmente em pouco tempo você vai começar a fazer coisas que não vão te ajudar para chegar naquele objetivo em questão.

Liste o seguinte: Como fazer? Quando fazer? Quem chamar para ajudá-lo? De que forma executar? Detalhe o máximo que puder sobre como você vai chegar até aquela meta.

O que você precisa ter é uma lista de tarefas que você vai precisar fazer para atingir aquele seu objetivo. Um to-do list.

PASSO #4 – Acompanhamento

O quarto e último passo é tão ou mais importante que todos os outros.

É extremamente comum você sair do seu rumo sem nem perceber, e dois meses depois, quando lembrar que você tinha metas, já estará em um caminho totalmente diferente daquele que deveria ter seguido.

O que você precisa fazer é fazer um acompanhamento semanal sobre o que você fez naquela semana que passou e sobre qual o resultado que aquilo que você fez gerou. Se necessário você deverá mudar as tarefas a fim de ir sempre em direção as suas metas, o mais rápido possível.

Não deixe de lembrar, um dia se quer, das suas metas e do que você precisa fazer para alcançá-las. Lembre-se, estamos falando da sua vida, estamos falando do seu futuro. Você quer ter a vida que sempre sonhou? Precisa pagar o preço para isso

Bem-vindo ao Melhor Ano da Sua Vida

Quero agora te dar as boas vindas ao melhor ano de sua vida, e quero deixar uma última mensagem: Os dias, semanas, meses e anos são todos iguais. O que vai fazê-los diferentes é você mesmo. Quando você mudar, seus dias vão mudar. Quando você mudar, você vai alcançar todos os seus objetivos mais ousados.

Espero que esse artigo tenha te ajudado de alguma forma a encontrar ferramentas para alcançar todas as suas metas nesse novo ano que se inicia.